Mais Sindicato

7 dicas de ouro para você aumentar a arrecadação do sindicato

6 de abril de 2020
Junte-se a mais de 7.000 lideranças

Entre para nossa lista e receba conteúdos sindicais exclusivos e com prioridade

É difícil encontrar um diretor sindical que não esteja batendo a cabeça para encontrar uma maneira de aumentar a arrecadação do sindicato.

A situação financeira da maioria das entidades, que nunca esteve a mil maravilhas, sofreu um forte abalo com a aprovação da Reforma Trabalhista, não é mesmo?

Quando o projeto passou pelo Congresso Nacional, acabando com a obrigatoriedade do imposto sindical, o pessimismo tomou conta. É verdade que muitas entidades não recolhiam o valor (na verdade, devolviam para os trabalhadores, especialmente no serviço público), mas para muitas era fonte de sustentação essencial (principalmente federações, confederações e centrais sindicais).

E não era para menos! De acordo com dados do jornal O Estado de São Paulo, a arrecadação dos sindicatos caiu 88% de 2017 para 2018.

Era justamente isso que as elites e os megaempresários queriam!

Eles sabem que, ao fragilizar a estrutura das entidades sindicais, o caminho fica mais livre para eles obterem lucros ainda maiores às custas dos trabalhadores.

Sabemos que é preciso reverter essa situação o mais rápido possível! Não só porque a luta dos trabalhadores não pode esperar, mas também porque é, sim, possível mudar os rumos dessa batalha

Acredite: não é hora de jogar a toalha. E o motivo é simples: para sair dessa situação, não é necessário “reinventar a roda” do movimento sindical.

Basta colocar em práticas uma série de ações que, de modo geral, são da própria essência dos sindicatos.

Por isso, se você quer e precisa aumentar a arrecadação do sindicato, preste atenção nessas 7 dicas que listamos para você.

Você verá que não é impossível. Basta ter em mente que a sua atuação política precisa, mais do que nunca, ser planejada e profissionalizada. Confira:

Deixe claro que o sindicato está do lado dos trabalhadores

A afirmação de que os sindicatos estão do lado dos trabalhadores pode ser óbvia para quem vive o movimento sindical.

Mas, fora da “bolha”, a coisa é diferente. Muitos trabalhadores simplesmente não enxergam a importância das entidades.

É claro que isso é resultado de uma campanha difamatória sem escrúpulos que tomou conta do Brasil nos últimos anos.

Os sindicatos foram eleitos como “inimigos” do país por setores que querem acabar com direitos dos trabalhadores. Trata-se de um golpe baixo, nós sabemos, mas o fato é que esse discurso iludiu muita gente.

Por isso, mostre em todas as oportunidades que o sindicato está realmente do lado dos trabalhadores. Essa mensagem precisa estar embutida em tudo que a entidade faz, das publicações nas redes sociais às falas das assembleias. 

Priorize a transparência com o recurso arrecadado

Toda relação de confiança se constrói na base da transparência. E não seria diferente com o movimento sindical.

Se o trabalhador não souber o que está sendo feito com o seu dinheiro, a reação dele será de desconfiança.

Por isso, vá além da prestação de contas: deixe claro para a categoria que o dinheiro dela está sendo investido em luta. 

Informe sobre as ações do sindicato, ressalte os investimentos da entidade.

Essa conduta muito simples criará uma relação de segurança entre os diretores e a base.

Mostre empatia pela realidade dos trabalhadores

Estreitar os laços com a categoria é um processo permanente, e a empatia tem um papel fundamental nele.

Mais do que representado, o trabalhador precisa se sentir acolhido. Como fazer isso?

Não é muito difícil: basta mostrar que o sindicato conhece e se preocupa com os problemas que a categoria enfrenta todos os dias. 

Produza conteúdos que os orientem, que lhes sejam úteis e valiosos.

A cada texto ou vídeo que mostre empatia, o trabalhador se sentirá mais pertencente à categoria. E, claro, verá mais sentido em financiar as ações do sindicato.

Invista em campanhas de filiação

Depois de mostrar de forma permanente que o sindicato se preocupa com a realidade dos trabalhadores, chega a hora de convencê-los sobre a importância da filiação.

E, como sabemos, todo processo de convencimento se dá através da comunicação.

Por isso, invista em campanhas de filiação que consigam ir além das palavras de ordem!

Nesse ponto, deixar de lado o amadorismo faz toda a diferença para a saúde financeira da sua entidade.

Amplie as opções de convênios e benefícios

Além de apoiar as lutas, muitos trabalhadores se filiam ao sindicato para aproveitar os convênios.

Investir em uma lista diversificada de benefícios, que sejam úteis para vários segmentos da categoria, continua sendo uma estratégia eficaz para aumentar a arrecadação do sindicato. 

Mas cuidado: os trabalhadores precisam saber que os convênios existem e o que precisam fazer para acessá-los.

Aqui, novamente, o trabalho de divulgação é fundamental!

Fidelize os associados

Vamos supor que fez tudo certo: mostrou o que o sindicato faz pelos trabalhadores, investiu em campanhas de filiação e em convênios e conquistou a filiação dos trabalhadores.

Trabalho encerrado, certo?

Na verdade, não!

Nesse momento, começa um outro desafio: fidelizar o trabalhador que confiou no sindicato.

Para fazer isso, aproxime-se do associado, deixe claro que ele é especial e que, sem ele, o sindicato não existiria

Profissionalize a comunicação

Se você chegou até aqui, já deve ter percebido que todas dicas que separamos para esse texto dependem – e muito – da comunicação.

Mostrar o que o sindicato faz pelos trabalhadores, convencê-los sobre a importância da filiação, criar uma relação de empatia e confiança com eles… Tudo isso só é possível se a comunicação da sua entidade for profissionalizada.

A equipe de comunicação precisa estar atenta às técnicas de planejamento, produção e distribuição das mensagens

Afinal de contas, tão importante quanto fazer é mostrar que está fazendo, não é mesmo?

BÔNUS: Filie os trabalhadores

Após todos esses passos, é natural que você comece a pensar nos resultados. Ou seja, nas filiações dos trabalhadores de sua base sindical.

Na dica 4, falamos da importância de investir em campanhas de filiação.

Mas, como fazer isso na prática?

Confira esses 15 passos para construir uma campanha de filiação hoje no seu sindicato, e mãos à obra!

Neste e-book, apresentamos as estratégias certas para você não perder tempo e começar a aumentar o número de filiados ao sindicato ainda hoje.

Clique aqui para baixar, ou na imagem acima. E não se preocupe: o conteúdo é grátis!

Equipe Abridor de Latas

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *