Mais Sindicato

6 passos eficientes para o sindicato estreitar o relacionamento com os filiados

26 de setembro de 2019
Junte-se a mais de 7.000 lideranças

Entre para nossa lista e receba conteúdos sindicais exclusivos e com prioridade

ebook abridor de latas estreitar o relacionamento com os filiados

Não basta o trabalhador saber que o sindicato existe. Para seu sindicato estreitar o relacionamento com os filiados, eles precisam sentir-se acolhidos e valorizados pela entidade.

Essa regra é ainda mais importante no caso dos trabalhadores filiados, que depositam uma confiança a mais na atuação do sindicato.

A sua diretoria está se aproximando dos associados da melhor maneira? Quais são as estratégias mais eficazes para estreitar vínculos e obter reconhecimento dessa parcela da categoria?

Se você seguir estes 6 passos que nós listamos, temos certeza de que o seu relacionamento com os filiados vai melhorar muito. Confira:

1. Invista em materiais de relacionamento

Evite ficar muito tempo sem falar diretamente com o associado. Afinal, é para ele que a entidade trabalha.

Deixe isso claro e valorize-o! Dê parabéns em datas comemorativas, faça questão de reforçar a importância dele para a luta sindical. A sensação de ser lembrado é muito gratificante!

É possível fazer isso de diversas formas: pode ser por meio de um boletim eletrônico, um material impresso enviado à residência, uma mensagem via WhatsApp…

Opções não faltam. E também não pode faltar a proatividade do sindicato em fortalecer esse relacionamento.

2. Elabore um informativo periódico

Quando o trabalhador se filia ao sindicato, ele espera que essa confiança resulte em comprometimento. Elas podem até existir, mas muitos trabalhadores sequer têm conhecimento das ações que a entidade desenvolveu. Esse descompasso gera frustração!

É aí que entra a importância de canais sólidos de interação entre sindicato e base. Produzir um jornal periódico que seja interessante e relevante para os trabalhadores é uma das melhores saídas.

Mas essa é apenas uma opção. Em um mundo dinâmico como o nosso, o sindicato também precisa estar presente nas redes sociais, nos e-mails, nos aplicativos de mensagens instantâneas… Enfim, a entidade precisa de uma comunicação controlada e integrada.

3. Crie canais de diálogo com os associados

O ditado popular diz que temos uma boca para falar e dois ouvidos para escutar. Em outras palavras, não adianta divulgar uma grande quantidade de informações aos filiados e não os escutar.

Receber e responder a críticas e sugestões, além de acolher as demandas dos trabalhadores é parte fundamental da relação entre sindicato e categoria. Esse fluxo cria empatia e confiança!

Por isso, crie canais físicos e virtuais de diálogo com os associados. Reuniões formais e visitas aos locais de trabalho são importantes, mas essa relação também pode se dar pelo e-mail, pelas redes sociais etc.

4. Capacite os funcionários

Por conta da experiência, os diretores conhecem bem a categoria e sabem como atendê-la, mas, no caso dos funcionários do sindicato, essa segurança precisa ser construída. Por isso, capacite-os para que eles consigam prestar um atendimento impecável.

Explique as principais demandas e dúvidas que podem aparecer, assim como o fluxo de trabalho do sindicato e o funcionamento da luta sindical. Invista em formação política para os funcionários do sindicato tenham uma visão mais apropriada da luta sindical.

Além de estreitar os laços com a base, essa ação certamente vai auxiliar na conquista de mais filiados.

5. Promova eventos de confraternização

A rotina do movimento sindical é dura, repleta de mobilizações e reuniões que debatem temas espinhosos. Não é de se espantar que o associado fuja desses espaços!

Por isso, o sindicato que não investe em iniciativas de lazer e descontração deixa de lado um importante canal de diálogo com a base.

Promover eventos de confraternizações é uma boa maneira de se aproximar dos filiados que, em outras ocasiões, não viriam até o sindicato.

6. Atenda a reivindicações

Na dica número 3, falamos sobre a importância de ouvir o que os filiados têm a dizer, mas isso não basta. É preciso dar respostas concretas a essas demandas. Seja pelo telefone, pelo e-mail ou pelas mensagens em redes sociais, atender às reivindicações é um ponto-chave no fluxo de comunicação com a base.

Por isso, dê prioridade a esse ponto.  O ideal é ter pelo menos uma pessoa dedicada somente a essa tarefa e preparada para responder com clareza e de forma adequada, já que a comunicação na era digital é instantânea.

Estreitar o relacionamento com os filiados também depende da credibilidade

Essas iniciativas têm um poder inestimável, pois estreitar a relação com os trabalhadores é essencial para a credibilidade do sindicato.

Quando a entidade é reconhecida, a categoria consegue entender a sua importância e corre menos risco de acreditar em falácias sobre o movimento sindical.

Infelizmente, muitas entidades se desvinculam de suas bases e abrem espaço para forças reacionárias, que tentam convencer os trabalhadores de que o sindicato não precisa existir.

Por isso, a melhor forma de conquistar o apoio dos trabalhadores é mostrar que o sindicato é importante para ele.

Passo bônus – pense no futuro:

Uma gestão respeitada e admirada pelos trabalhadores se torna a única opção de voto nas eleições do sindicato.

Se você já entendeu que um bom relacionamento com os filiados e com a base em geral é importante para a saúde de sua gestão, está na hora de trabalhar sua reeleição!

Isso mesmo: nunca é cedo para se preparar. E para te ajudar a seguir firme nessa jornada, aqui vão 12 mandamentos para se reeleger no sindicato.

É um eBook gostoso de ler e que, rapidinho, vai te colocar no rumo certo para mais uma gestão de sucesso e de conquistas para a categoria. Clique  aqui ou na  imagem e baixe o conteúdo gratuito!

Equipe Abridor de Latas Comunicação Sindical

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *