Mais Sindicato

Por que o trabalhador deve contribuir financeiramente com o sindicato?

26 de abril de 2019
Junte-se a mais de 7.000 lideranças

Entre para nossa lista e receba conteúdos sindicais exclusivos e com prioridade

Porque-o-trabalhador-deve-contribuir-financeiramente-com-o-sindicato

Já parou para pensar por que a presença dos sindicatos é indispensável na nossa sociedade?

São os sindicatos que defendem os interesses dos trabalhadores, negociando salários, buscando melhores condições e garantias de trabalho, firmando acordos coletivos com os patrões, batalhando pela ampliação dos direitos, promovendo cursos de formação, prestando atendimento jurídico etc.

No Brasil, todo trabalhador pertence a alguma categoria profissional e é representado por um sindicato.

É por isso que, mesmo que não seja filiado, o empregado recebe os mesmos benefícios da negociação que seus colegas que são associados ao sindicato.

Porém, brigar por melhores condições trabalhistas não é uma tarefa simples.

Você já tentou negociar algum direito sozinho, seja um aumento salarial ou um acordo de demissão diretamente com seu patrão?

Na maioria das vezes, essas situações não são nem um pouco favoráveis ao empregado.

📌 Daí a fundamental relevância do sindicato na vida do trabalhador, pois quanto mais representativo ele for, maiores são as suas chances de realizar ações efetivas que atendam às reivindicações da categoria.

Por que o apoio do trabalhador é importante?

Para o sindicato desempenhar seu papel, é imprescindível o apoio dos trabalhadores, que são os grandes beneficiados com as atividades e as lutas da entidade.

Mas sem as contribuições financeiras, nada disso seria possível.

📌 Além das mobilizações (incluindo greves), os recursos arrecadados são utilizados para manutenção das atividades administrativas, assessoria jurídica, comunicação e muitos outros benefícios.

Muitas entidades oferecem atendimentos à saúde, com convênios médicos ou estrutura própria, incluindo consultas médicas, odontológicas e até fisioterapia.

Até estruturas de lazer para os trabalhadores e suas famílias, como chácaras, sedes de campo ou de praia, ou mesmo colônias de férias, são mantidas pelos sindicatos com o apoio da categoria.  

E como o trabalhador pode contribuir?

Além de estar atento às atividades do sindicato, há duas maneiras de cooperar efetivamente: por meio da contribuição sindical e da filiação, ou associação, à entidade.

O que é a contribuição sindical?

A contribuição sindical é uma forma de apoio direto destinado ao movimento sindical, que auxilia na manutenção de suas estruturas e na continuidade de suas lutas.

Pagar a contribuição sindical é uma das principais maneiras de manter a atuação das entidades.

📌 O valor equivale a um dia de trabalho por ano e é repartido entre sindicatos, federações, confederações e centrais sindicais.

E quais as vantagens de ser filiado?

Para começar, o trabalhador poderá participar de todos os processos organizados pela entidade, podendo fazer sugestões, opinar sobre assuntos em pauta e votar nas assembleias.

Também vai poder disputar eleições para a diretoria ou conselho deliberativo e integrar conselhos consultivos.

Além de ter suas questões atendidas, o trabalhador tem acesso a serviços prestados pelo sindicato, como convênios, assistência jurídica, colônias de férias, entre outros.

Poderá ingressar em cursos, seminários, congressos e conferências sindicais, o que certamente se reverterá em formação e mais conhecimento ao trabalhador.

Além desses benefícios, a principal vantagem de se sindicalizar é ajudar diretamente no fortalecimento da negociação entre a categoria e os patrões.

📌 Mais forte, a entidade terá mais chances de contratar inclusive bons advogados e outros profissionais, favorecendo ainda mais as lutas.

Uma coisa é certa: todo apoio financeiro que o trabalhador dá ao seu sindicato volta para ele em inúmeros benefícios.

Nessa “conta”, quem ganha é o próprio trabalhador.

E quando alguém diz que o “sindicato não serve pra nada?”

Essa é uma frase que muitos trabalhadores repetem, geralmente porque não conseguem enxergar o resultado do trabalho dos sindicatos (a falha pode ser na comunicação).

Por isso, a cada vez que alguém questionar a importância dos sindicatos, você pode compartilhar este material aqui 👇

10 direitos dos trabalhadores garantidos pelas lutas dos sindicatos

10 direitos dos trabalhadores garantidos pela luta dos sindicatos

Equipe Abridor de Latas – Comunicação Sindical

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *