Mais Transformação

Coisas que ainda ouvimos por aí #1 – "Tinha que jogar uma bomba para explodir tudo"

15 de junho de 2016
Junte-se a mais de 7.000 lideranças

Entre para nossa lista e receba conteúdos sindicais exclusivos e com prioridade

Coisas que ouvimos: bomba

“Tinha que jogar uma bomba para explodir tudo”

Algumas generalizações são tão assustadoras que chegam a dar medo! Tem gente que acha que para acabar com o problema das favelas (comunidades) “tem que jogar uma bomba e queimar tudo”.

Essas pessoas pressupõem algumas coisas:

1) Que todos os moradores desses locais devem ser eliminados, pois são bandidos e não têm mais salvação;

2) Quem mora fora da favela/comunidade sofre mais com a violência do que aqueles que vivem nela;

3) Aqueles que não forem exterminados terão, automaticamente, outro lugar “mais decente” para morar;

4) Os problemas sociais não são gerados por causas maiores – como a corrupção política, por exemplo -, mas apenas pelos próprios moradores;

5) Os governos não devem ser responsáveis pela prevenção ou solução dos problemas nesses espaços;

Na história da humanidade, um certo sujeito de nome Adolf teve a mesma ideia: juntar todo um agrupamento de pessoas – de alguns milhões – e eliminá-lo. Os espaços, nesse caso, eram, primeiramente, os guetos e depois os campos de concentração. A isso se deu o nome de “extermínio judeu”.

E você, acha que seria essa a solução?

Abridor de Latas – Comunicação Sindical

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *