Mais Transformação

Frases que ainda ouvimos por aí #23– “Jamais estupraria você, porque você não merece”

17 de agosto de 2018
Junte-se a mais de 7.000 lideranças

Entre para nossa lista e receba conteúdos sindicais exclusivos e com prioridade

23-frase-23---bolsonaro (1)

“Jamais estruparia você, porque você não merece.” – Jair Bolsonaro para Maria do Rosário 

No dia 9 de dezembro de 2014, o deputado federal Jair Bolsonaro afirmou em uma sessão da Câmara dos Deputados que a deputada Maria do Rosário não “merecia” ser estuprada. No mesmo dia, postou em suas redes sociais um vídeo denominado “Bolsonaro escova Maria do Rosário”, assistido e compartilhado milhares de vezes.

No dia seguinte, em uma entrevista, Bolsonaro reafirmou o que havia dito na Câmara e acrescentou que não estupraria Maria do Rosário por considerá-la “muito feia” e por não fazer o seu “gênero”.

Alguma mulher merece ser estuprada? Se fosse bonita estupraria?

Nem a parlamentar e nem nenhuma mulher merece ser estuprada.

Ninguém no mundo merece.

Estupro é a prática não consensual do sexo, imposta por ameaça ou até violência física e verbal.

Por isso, qualquer maneira de ato sexual sem consentimento de uma das partes, havendo ou não penetração, significa estupro.

No Brasil, uma pessoa é estuprada a cada 11 minutos, segundo dados de 2014, do 9º Anuário Brasileiro da Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em 2015, foram registrados 45.460 casos de estupro. Uma queda de 10% em comparação com 2014, quando foram computadas 50.438 ocorrências. Mesmo com a redução dos números, a publicação enfatiza que os índices são alarmantes, elevados e subnotificados.

O efeito desse tipo de discurso violento é grave: perpetua a cultura do estupro no país.

A frase também não deve ser subestimada, pois incentiva e naturaliza a prática do estupro, carrega em si machismo, misoginia e preconceito.

Além de sua lógica patriarcal, a cultura do medo e do estupro, por meio do exercício de poder, intimida as mulheres e as afasta da vida social e dos espaços públicos.

Por que isso acontece?

A violência, em muitos casos, está ligada à visão que as pessoas têm do mundo e das relações humanas. E isso pode começar desde a primeira infância.

Abridor de Latas Comunicação Sindical

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *